Brasília – A ONG ABC Sem Racismo constituiu o advogado processualista Renato Borges Rezende, de Brasília, para acompanhar o processo contra o estudante da Universidade de Brasília (UnB) Marcelo Valle Silveira Mello, 20 anos, acusado de manter sites e mensagens racistas na Rede Mundial de Computadores.
O processo aberto por iniciativa do Ministério Público do Distrito Federal corre pela 6ª Vara Criminal de Brasília e a primeira audiência já está marcada para o dia 23 de janeiro às 15h15 no Fórum do DF. O estudante será interrogado pelo Juiz em audiência, sendo posteriormente marcadas audiências para serem ouvidas as testemunhas de defesa e acusação.
A ONG ABC sem Racismo vai requerer ser arrolada como assistente de acusação no processo porque, além de ter feito as primeiras denúncias, teve o site da Afropress retirado do ar por cerca de 10 dias, em virtude da ação do estudante, que se assinava br0k3d. Em vários e-mails Mello assumiu as agressões, ameaças e ataques a Afropress.
O caso também originou a instauração de outro inquérito, a pedido do Ministério Público de S. Paulo, porque de 16 a 23 de setembro passado – período entre o oferecimento e a aceitação da denúncia pela Justiça de Brasília – dirigentes da ONG passaram a receber ameaças, inclusive de morte.

Da Redacao