O espetáculo, que tem direção de José Fernando Azevedo, foi criado a partir da obra “Quarto de Despejo” de Carolina Maria de Jesus, diário de uma favelada negra da década de 50 que ficou conhecido em todo o mundo. A peça trata de questões como fome, miséria, sociabilidade, relações raciais, invisibilidade e preconceito numa experiência sonoro-musical através dos atores-criadores.
No elenco de Os Crespos, as atrizes Gal Quaresma, Lucélia Sérgio e Mawusi Tulani e os atores Sidney Santiago e Tairone Porto. O espetáculo fica até 24 de novembro.
Em junho e julho, o grupo participou do Festival Theaterformer fazendo uma curta temporada no Teatro Volksbuehne, onde foram dirigidos pelo diretor Frank Castorf, no espetáculo Anjo Negro + Missão.
Segundo Gal Quaresma a experiência nos palcos alemães (também aconteceram apresentações em Hannover) foi muito rica. “Houve um incômodo. Eles estavam esperando um estereótipo e encontraram uma outra coisa. A expectativa que eles tinham sobre Teatro brasileiro era uma e encontraram outra. Nós superamos a expectativa deles”, afirmou.
Segundo Gal, embora não conhecidos do grande público, é grande o número de atores e atrizes negros em ação no Brasil: “Temos mais de 60 grupos de atores negros em atividade. Não somos conhecidos do grande público, mas somos muitos”, acrescenta.
Os crespos
A Cia. Teatral Os Crespos surgiu, em 2.005, nas dependências da mais tradicional escola de interpretação, a Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo (USP), em atividade desde 1948. Era um grupo de alunos-atores negros dentro de uma instituição com modelo elitista e desconectada da realidade étnico-racial do país.
É desse período também o Núcleo chamado “Negros em questão”, criado por iniciativa de Quaresma, com o objetivo de estudar a história do negro nas artes cênicas no Brasil.
Durante quase dois anos foram realizados eventos nas dependências da Universidade como fóruns, seminários, debates, mostras de cinema, performances e instalações com o objetivo de provocar reflexão na sociedade.
Em 2006, foi criada a Cia. Filhos de Olorum que mais tarde mudaria de nome para Os Crespos. Também aconteceu nesse período o convite de um dos maiores encenadores da atualidade, o alemão Frank Castorf, diretor do teatro Volksbuehne para apresentações do espetáculo Anjo Negro + A Missão. A montagem esteve em cartaz no Sesc Vila Mariana e excursionou pela Alemanha nos meses de junho e julho (2007) participando do Festival Theaterformer e fazendo uma curta temporada no Teatro Volksbuehne- Berlim.
Serviço
Texto – Dramaturgia coletiva a partir da obra Quarto de Despejo
Direção – José Fernando Azevedo
Elenco – Cia. Teatral Os Crespos (Gal Quaresma, Lucélia Sérgio, Mawusi Tulani, Sidney Santiago e Tairone Porto)
Estréia – 20 de outubro
Censura – A partir de 13 anos
Duração -1 hora e 30 min.
Teatro – Espaço Maquinaria
Endereço – Rua 13 de maio, 240. Bixiga.
Telefone – 38533651
Dias – Sábados às 19 hs
Preço – R$ 15,00
Término da temporada – 24 de novembro
Fone para contato com imprensa: (11) 68393447 – Gal Quaresma