Roma – Em mensagem que será lida na próxima quarta-feira, 08/03, em partida entre as seleções da Itália e da Alemanha, em Florença, o Papa Bento 16 fará apelo contra o racismo. A mensagem será lida no início da partida por Cláudio Magnago, bispo auxiliar da diocese de Florença.
O chefe da Igreja Católica condenará na mensagem toda forma de racismo e de discriminação social, chamando a atenção para a importância da solidariedade.
Segundo o presidente do Comitê Organizador do Mundial, Franz Beckenbauer, o Papa vai assistir as partidas mais importantes da Copa. “O Papa me disse que ia ver as partidas mais importantes”, contou.
A mensagem do Papa contra o racismo acontece no momento em que aumentam as hostilidades racistas de torcidas nos estádios europeus contra jogadores negros, inclusive brasileiros, o que está fazendo com que jogadores, como Samuel Eto’o, camaronês do Barcelona, ameacem deixar o campo, como aconteceu no último sábado.
No passado, a Igreja Católica teve escravos, prática da qual o Papa João Paulo II, antecessor de Bento 16, pediu publicamente perdão.

Da Redacao