S. Paulo – O jornalista Ricardo Boechat, comentarista da Band News FM e âncora do Jornal da Band, disse nesta quinta-feira (14/03) que o “Brasil é um país homofóbico e racista”, ao comentar os protestos contra a permanência do pastor-deputado Marco Feliciano na presidência da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.

O comentário foi feito durante o programa das 7h30 às 9h, que é comandado pelo jornalista, considerado um dos mais bem informados do país e ganhador de três prêmios Esso, o “Oscar” do jornalismo brasileiro.

“Se brincar a maioria é homofóbica e racista”, acrescentou Boechat para frisar que as opiniões do pastor-deputado não são isoladas e lembrando que a luta para a superação do racismo e da homofobia não deve ser reduzida a saída do pastor da Comissão de Direitos Humanos – “mas nas ruas”. Ele lembrou o exemplo do que ocorreu nos Estados Unidos, evocando as manifestações pelos direitos civis e contra o racismo.

Feliciano, entre outras declarações consideradas racistas disse que “os africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé” e ainda acrescentou. “Isto é fato”.

Na primeira sessão, tumultuada por protestos, ele simulou lendo uma carta pedido de “humildes desculpas” e “um voto de confiança”, enquanto manifestantes o acusavam de “estelionatário” e gritavam “fora”.

Da Redacao