Brasília – Na tentativa de reduzir o desgaste e as críticas que vem recebendo, inclusive, de setores do seu próprio Partido – o PT – a ministra chefe da SEPPIR indicou para a secretaria executiva, Giovanni Harvey, que é consultor na área de políticas públicas, programas e projetos de ações afirmativas e ocupou o cargo de diretor executivo da Incubadora Afro-Brasileira.

A nomeação de Harvey foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (10/julho). Ele substitui Lucy Góes da Purificação, que ocupava interinamente o cargo desde a exoneração de Mário Lisboa Theodoro.

Theodoro, considerado um dos quadros técnicos de maior expressão e experiência do movimento negro, entrou em rota de colisão com a ministra chefe por discordar dos seus métodos e por ter sido preterido para a excução do Plano Brasil Afirmativo que ele próprio concebera.

O Plano deveria ter sido lançado no dia 21 de Março – Dia Internacional de Luta contra a Discriminação Racial declarado pela ONU – e previa ações relacionadas à promoção da igualdade racial em diversas áreas, o que acabou não acontecendo.

A exoneração ocorreu no dia 1º de março deste ano. O ex-secretário executivo tinha a expectiva de poder implementar o Plano, porém, prevaleceu a decisão da ministra de que deveria ser executado pela Secretaria de Ações Afirmativas, liderada por Ângela Maria de Lima Nascimento, pessoa da confiança de Bairros. Desgostoso, Theodoro “jogou a tolha” e entregou o cargo.

Quem é

O novo secretário Executivo se auto-define como alguém de comprovada experiência gerencial aliada à capacidade de execução de políticas públicas de ações afirmativas no mercado de trabalho. Em 2004 fundou a Incubadora Afro-Brasileira e, desde então, vinha se dedicando a execução de programas e projetos de desenvolvimento econômico inclusivo.

Foi consultor do Ministério da  Economia de Cabo Verde e Subsecretário de Políticas de Ações Afirmativas da SEPPIR, na gestão do deputado Edson Santos.

Participa de diversas redes e fóruns internacionais, dentre os quais a Assembléia Anual do FMI e do Banco Mundial e o Fórum Social Mundial. Colabora com várias iniciativas de promoção do crescimento econômico inclusivo, dentre as quais o Polo Região Portuária, no Rio de Janeiro.

Apesar da larga experiência de Harvey no campo do empreendedorismo, uma liderança negra paulista, avalia que o novo secretário-executivo pouco agregará à gestão do ponto de vista político. “É como trocar seis por meia dúzia”, afirmou fazendo uma comparação com a ocupante interina que deixa o cargo.

 

Da Redacao