Nova York – Um acordo inédito de parceria com a Rádio das Nações Unidas (Rádio ONU) tornará possível ainda este ano, estender a produção do conteúdo jornalístico da Afropress a países da África como Angola, Guiné Bissau, Moçambique, Cabo Verde e S. Tomé e Príncipe, além de Timor Leste e Portugal – todos membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Para discutir o tema e agilizar a assinatura da parceria, que não envolve custos para nenhuma das partes, o correspondente de Afropress em Nova York, Edson Cadete esteve nesta terça-feira (23/09), com as jornalistas da Rádio ONU, Denise Costa e Michele Alves de Lima, esta última responsável pelo envio da proposta da Rádio ao editor Dojival Vieira. A sede da ONU em Nova York fica na Rua 42 com Avenida

Como correspondente credenciado, Cadete participou da cerimônia de abertura da 69ª  Assembléia Geral da ONU, que teve a presença de celebridades, como o ator Leonardo de Caprio, autoridades e chefes de Estado, além de correspondentes dos principais jornais do mundo.

Com a parceria, a Rádio ONU e a Afropress poderão reproduzir o conteúdo de textos e reportagens veiculadas por cada uma das partes, incluindo o noticiário diário do Jornal da ONU.

A emissora das Nações Unidades, poderá oferecer textos postados em Afropress em qualquer língua. Também pela minuta do acordo, a produção dos textos e reportagens será em Português para os países africanos da CPLP.

Na África

A Rádio das Nações nas suas transmissões em português tem intercâmbio de informações semelhantes ao que será assinado com rádios e veículos de comunicação em todos os continentes. Na África, a parceria já existe com a Rádio Nacional e TV Pública de Angola; em Cabo Verde – Rádio Nacional, Rádio Comercial e Jornal Expresso das Ilhas, Rádios Comunitárias da Ribeira Brava, Rádio Mosteiros FM; em Guiné Bissau, Rádio Nacional, Rádio Sol Mansi, Rádio Gandal, Rádio Jovem e Rádio Voz do Quelele; em Moçambique, Rádio Nacional de Moçambique, Rádio Corredor da Beira, Rádio N’Thiyana, Zol – Zambézia Online, Rádio Índico e Rádio Quelimane.

Ainda na África, a Rádio ONU tem parceria com a Rádio Nacional, Nhá Terra Online e Tela Non, de São Tomé e Príncipe; No Timor Leste, com a RTL e a UNMIT, e na África do Sul com a SABC – Chanel África, serviço em Português.

Em Portugal, com a RTP Internacional, Jornal de Coruche, ILO-Lisboa, CPLP, RTP África, Rádio Tropical FM, Rádio Douro Sul, Notícias Lusófonas e Portugal Digital.com

No Brasil

No Brasil, com a CBN, Sistema Globo de Rádio, Portal UOL, Jovem Pan AM, Portal Terra, Rádio Guaíba, G-1 Globo, e Globo News TV.

Também é parceira da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), Rádio Estadão-ESPN, Jornal O Estado de S. Paulo, Rádio UFMG Educativa, TV Cultura do Amazonas, Empresa Brasileira de Comunicações – Radiobras, Jornal do Brasil, Revista Exame, Rádio Universidade FM e Jornal O Globo.

 

 

 

Da Redacao