S. Paulo – Na Nota oficial divulgada pela Secretaria de Comunicação do PT de S. Paulo e assinada pelo Secretário Aparecido Luiz Silva, o Partido reage e sai em defesa do Secretário Estadual de Combate ao Racismo, Cláudio Silva Claudinho, e afirma que o tema poderá entrar na pauta da reunião do Diretório Estadual que acontece em fevereiro.
Veja, na íntegra, a Nota divulgada pela Secretaria de Comunicação e que reflete a posição oficial do Diretório Estadual do PT.
O coordenador de Combate ao Racismo do Diretório Estadual do PT São Paulo, Cláudio Silva é, não só um militante engajado e comprometido com as propostas e projetos do Partido dos Trabalhadores, mas também um feroz defensor dos direitos do povo negro e combatente de toda forma de discriminação. O artigo publicado, intitulado “Oportunismo Suicida”, reflete o opinião de Silva e não a posição do PT-SP, principalmente no que se refere ao remédio jurídico a ser proposto contra os sr. Adami.
O Partido manifesta suas posições por meio de resoluções, notas e moções aprovadas por sua Direção, e não é esse o caso em questão. Trata-se de um texto de carater opinativo.
Destaque-se que o próprio advogado, autor da contrareposta, (por sinal confusa) afirma desconhecer se Silva fala ou não em nome do Partido quando usa o termo “supostamente” – do dicionário, ato de conjecturar ou levantar hipóteses – como pode-se ler no trecho abaixo transcrito.
“Um certo cidadão alcunhado de “Claudinho”, supostamente falando em nome do PT – Partido dos Trabalhadores, assevera em AFROPRESS , que fará representação à Ordem dos Advogados, de conduta anti-ética da minha pessoa, “por ter ajuizado ação contra Dilma e Hadadd, após deixar a Ouvidoria da SEPPIR”.
Por fim, o Diretório esclarece que é um direito assegurado pela Constituição Brasileira, àquele que se sinta lesado física ou intelectualmente, mover uma ação judicial.
A Direção Estadual do PT volta a se reunir no dia 13 de fevereiro próximo, quando o tema poderá entrar em sua pauta de debates.
Aparecido Luiz Silva
Secretário de Comunicação do PT São Paulo

Da Redacao