Brasília – Pesquisa Datafolha com simulações da disputa nas eleições para Presidente da República em 2014 revela que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, teria entre 7% a 8% das intenções de voto em qualquer cenário, mesmo na hipótese do ex-presidente Lula vir a disputar as eleições.

O percentual de votos em Barbosa se mantém no caso da candidata ser a atual presidente Dilma Rousseff, que deve ser mesmo candidata do PT a mais quatro anos no Planalto.

Na simulação feita pela Folha a ex-ministra, Marina Silva ficaria com 16%, o senador tucano Aécio Neves, teria 14%, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos ficaria com 6% das intenções de voto.

A pesquisa finalizada na última sexta-feira (07/06) com 3.758 entrevistas, mostra que se as eleições fôssem hoje, Dilma se reelegeria no primeiro turno com 51% dos votos.

Barbosa é o primeiro negro a presidir o Supremo Tribunal Federal, a mais alta Corte do país e tem feito críticas abertas a partidos a instituições de magistrados, à mídia e ao Congresso.

Ele se tornou popular por presidir o caso mensalão – a ação penal 470 – em que foram condenados os principais dirigentes do PT, como José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares,  a penas de prisão.

O acórdão com a decisão voltará a ser analisado pelo Supremo em embargos (recursos), já apresentados pela defesa dos condenados.

Barbosa, que jamais assumiu qualquer projeto de candidatura, disse recentemente que os partidos políticos brasileiros “são de mentirinha”.

Da Redacao