Mauá – Com a presença do empresário, cantor e apresentador José de Paula Neto, o Netinho, e a presidente do Conselho da Comunidade Negra do Estado de S. Paulo, professora Elisa Lucas Rodrigues, o prefeito Diniz Lopes, sanciona nesta sexta-feira, dia 22/07, a partir das 10h no Paço Municipal, a Lei que criou a Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial de Mauá.
A Lei é fruto do Projeto PL 32/2005, aprovado por unanimidade pelos vereadores. A Coordenadoria é a primeira a ser criada por uma Prefeitura na região do Grande ABC, com o objetivo de estimular, apoiar e desenvolver estudos e diagnósticos sobre a situação da população negra e indígena do Município, bem como formular políticas de interesse específico da população negra, de forma articulada com todas as secretarias.
A criação de um órgão para elaborar políticas públicas para a população negra foi uma das reivindicações da Conferência de Promoção da Igualdade Racial, realizada em março passado e que consta da Declaração de Mauá, documento que contém as reivindicações aprovadas pelas mais de 200 pessoas que participaram da Conferência.
Além da Coordenadoria que terá uma Assistência Técnica e uma Divisão de Coordenação Étnica e Racial, a Lei prevê a criação do Conselho de Promoção da Igualdade Racial e Étnica composto por dois representantes indicados pela Prefeitura, um pela Câmara, e três pelas entidades da sociedade civil.
Segundo Aparecido Anthony, um dos organizadores da Conferência de Promoção da Igualdade Racial e dirigente da ONG ABC SEM RACISMO, responsável pelo Núcleo de Mauá, a Prefeitura de Mauá, com a criação da Coordenadoria, torna-se a primeira do ABC e uma das poucas do Estado a dispor de um órgão encarregado de elaborar políticas para a população negra e indígena.
Anthony destacou a sensibilidade do prefeito Diniz Lopes, que na abertura da Conferência havia assumido o compromisso de abrir espaços na Administração para a implementação de políticas de promoção da igualdade racial. Na Conferência, o prefeito chegou a atribuir parte das dificuldades enfrentadas na Administração ao fato de ser negro.
“O prefeito Diniz Lopes sai na frente ao sancionar hoje esta Lei. É muito importante que as lideranças independentes de Partidos políticos, se unam nessa iniciativa para que juntos com a Administração possamos adotar políticas públicas para atender um segmento que representa mais de um terço de toda a população do Município”, afirmou.
Anthony disse que a presença do empresário, cantor e apresentador Netinho, no evento, é muito importante porque permitirá dar visibilidade a Coordenadoria, que passará a ser referência na região, no Estado e no país.
Quando esteve em Mauá, recentemente, Netinho fez menção ao fato e, inclusive, chamou Anthony ao palco para cumprimentá-lo pelo trabalho, em conjunto com outras lideranças negras e com o prefeito Diniz Lopes para tornar realidade a Coordenadoria.
Além de Netinho estará presente a presidente do Conselho Elisa Lucas Rodrigues, que elogiou a iniciativa do prefeito Diniz Lopes: “É muito importante que haja espaço para a população negra nas Administrações”, afirmou. O Secretário da Justiça, Hédio Silva Júnior, não poderá comparecer em virtude de compromissos em Cruzeiro, no interior do Estado, porém designou o assessor Roberto Almeida de Oliveira para representá-lo.

Da Redacao