– Os dois acusados pela morte do coordenador do Grupo Afroreggae, Evandro João da Silva (foto) – Reginaldo Martins da Silva, de 32 anos, e Rui Mário Maurício Macedo, o Romarinho – foram presos e, com a prisão dos dois, a Polícia agora investiga a participação dos policiais militares, que teriam liberado os acusados e roubado uma jaqueta e um par de tênis da vítima, também cumprindo prisão preventiva.
Romarinho foi preso na semana passada e confessou participação no crime, porém, negou ter feito o disparo. Com base no retrato falado a Polícia chegou até Silva.
Os dois foram reconhecidos pelos dois policiais envolvidos – o capitão Bizarro e o cabo Marcos -que, foram conduzidos na última quarta-feira (28/10) da sela onde cumprem prisão preventiva, para fazerem o reconhecimento no 1º DP (Praça Mauá).

Da Redacao