Para o jornalista – que também é colunista de Afropress, “voto é uma coisa muito particular e envolve uma série de elementos”. “Mas penso que temos que priorizar sempre a questão racial entendendo, muitas das vezes que é possível, sim, mesmo votando-se em pessoas não negras, fortalecer em muito a discussão sobre este tema, visto que nem sempre é a cor da pele o fator determinante para a defesa de nossas causas. Ou seja, não creio que todo negro seja santo e muito menos que todo branco seja o demônio”, afirmou.
Ele participou da enquete “Mais preto, no branco da política” e declarou voto aos seguintes candidatos.
Confira quem são os candidatos do jornalista
Presidente: Dilma Roussef (PT).
Governador: Fernando Gabeira (PV)
Senadores: Picciani (PMDB) e Lindberg Farias (PT)
Deputado Federal: Carlos Santana (PT)
Deputado Estadual: Ubiratan Ângelo (PDT)

Fora do Rio, Márcio declarou apoio aos nomes de Netinho de Paula para o Senado, em S. Paulo, e ao jornalista Dojival Vieira e a cantora Leci Brandão para Deputados Estaduais.
Na Bahia, ele disse que apóia os candidatos Sérgio São Bernardo, Bira Corôa e Walmir Assunção para a Assembléia Legislativa. No Rio Grande do Sul, Mãe Regina para Deputada Estadual, e Paulo Paim, para o Senado.
“Enfim, tem muita gente boa por aí. O que nos falta é unidade no voto e influência junto à opinião pública negra para tornar nossos candidatos conhecidos por aqueles que moram nas favelas e periferias de nossas cidades”, concluiu.