S. Paulo – O empresário do ramo artístico e de produção de eventos, Eduardo Joaquim de Oliveira, 63 anos, disputará as prévias do PMDB que escolherá o candidato do Partido à Prefeitura de São Paulo, nas eleições de 05 de outubro.
Oliveira foi presidente da União das Escolas de Samba de São Paulo no período 1984/1989 e também presidiu o Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra entre 1988 e 1993, durante os governos Quércia e Fleury. Ele também trabalhou como assessor nos governos Covas e Celso Pita.
Oliveira é o segundo candidato negro lançado em prévias do PMDB para a disputa de eleições em capitais. Anteiormente, o ator Jorge Coutinho (foto) presidente do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Rio de Janeiro (Sated), Jorge Coutinho, já havia se lançado nas prévias que indicarão o candidato do Partido à Prefeitura do Rio.
As prévias acontecerão nas quatro zonais do partido e ainda não tem data definida, porém, devem acontecer até junho, quando começa o período das convenções partidárias que escolherão oficialmente os candidatos. Também querem ser candidatos pelo Partido, a ex-secretária Alda Marco Antonio, e o ex-prefeito e presidente da Embratur, Miguel Colassuono, entre outros.
“Estou bastante entusiasmado. É um processo difícil. Tenho de andar bastante, conversar bastante, buscar o apoio da população, das lideranças da nossa comunidade e trabalhar dentro do partido, conversando com os membros do Diretório. Mas estou animado. É uma grande oportunidade de fazer um trabalho importante aqui na cidade de SP”, disse Oliveira.
A candidatura nasceu, conta ele, da intuição do ex-governador Orestes Quércia, maior cacique do Partido, que preside o Diretório no Estado. “Estamos precisando de um Barack Obama, aqui no PMDB”, disse Quércia, em tom sério, numa alusão ao fenônemo Barack Obama nas eleições americanas deste ano, na última reunião do Diretório do Partido, lançando Eduardo.
“Eu quero registrar que a sujestão partiu do Presidente estadual do Partido, exatamente o Quércia. E isso me faz acreditar nessa possilidade de candidatura. Estou encarando essa missão com muita tranqüilidade. Eu ando de cabeça erguida. Já fui jornaleiro, já lavei banheiro, enfrentei todas as dificuldades que todos os negros enfrentam nesse país. Esse pessoal vai levar um susto com a gente. Nós vamos ganhar”, acrescenta Oliveira, que coordena o setor de Movimentos Populares do PMDB na capital.
Veja as posições do candidato em relação aos temas
Estatuto
Sou a favor do Estatuto. Espero ter uma oportunidade para estar com o Michel Temer e pedir pra ele ajudar. Ele é o presidente do Partido e o Partido tem a maior bancada no Congresso nacional.
Cotas
Sou a favor das cotas. Se criou toda uma polêmica, até por inexperiência de algumas pessoas. A luta tem de acontecer e favorecer aqueles que nunca foram favorecidos em nada.
Feriado de 20 de Novembro
Sou a favor de que seja transformado em feriado nacional
Abolição Não-Concluída
É uma data em que nos poderíamos fazer uma avaliação de todos os nossos interesses, pautados no dia a dia. É uma forma de respeito aos nossos antepassados.

Da Redacao