S. Paulo – Depois de ficar incomunicável por alguns dias no interior de Minas Gerais, em um sítio da Ordem a que pertence (Franciscanos) por recomendação médica, o diretor executivo da Rede Educafro – a maior rede de cursos pré-vestibulares para negros do país – Frei David Raimundo dos Santos, voltou essa semana às atividades. “Foi só um susto”, comentou.
Ele esteve em audiência, na quarta-feira, com o Secretário da Segurança Pública de S. Paulo, Ronaldo Marzagão, e nesta sexta-feira (27/04), participou do debate na sede da Educafro, centro de S. Paulo, que teve como tema “Os desafios para o avanço das conquisas da comunidade negra no cenário nacional”. O debate contou com a presença do desembargador carioca Benedito Gonçalves, e do ex-secretário da Justiça, Hédio Silva Jr.
Há cerca de um mês, Frei David se sentiu mal e chegou a perder momentaneamente a sensibilidade do lado direito. Por recomendação médica, além do acompanhamento dos batimentos cardíacos e da pressão, foi alertado de que deveria se afastar provisoriamente das atividades para preservar a saúde.
O desembargador Benedito Gonçalves que fazia parte da lista tríplice para o Superior Tribunal de Justiça, foi preterido pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Se fosse indicado seria o primeiro negro a fazer parte do STJ.

Da Redacao