Porto Alegre/RS – Sob protestos e manifestações de revolta, o boxeador gaúcho Tairone da Silva, campeão sul-americano de Boxe, foi sepultado na manhã deste sábado (12/03) na cidade de Osório, no litoral gaúcho.
Tairone foi morto com três tiros durante uma briga na tarde desta sexta-feira (11). O episódio ocorreu por volta da uma hora da tarde há poucos metros de sua casa, no bairro Sulamericano, na periferia da cidade.
Tairone estava em Osório para visitar familiares e teria se desentendido com um antigo desafeto, o policial militar Alexandre Camargo Abe, de 29 anos. Em depoimento ao delegado titular da 1ª Delegacia de Polícia de Osório, Celso Ferri, o soldado Abe disse que efetuou os disparos em legítima defesa, pois teria sido atacado pelo boxeador em meio a uma discussão.
O velório de Tairone Silva foi realizado na Câmara Municipal de Vereadores de Osório. Familiares, amigos, o treinador e companheiros de boxe lembraram que o jovem nunca teve nenhum tipo de problema com a polícia. Tinha uma ficha limpa e era considerado amigo e camarada de todos. O caso trouxe muita comoção a cidade de Osório. O município, distante 100 kms de Porto Alegre,
tem em sua área uma das maiores comunidades quilombolas do Rio Grande do Sul, a comunidade do Morro Alto, localizada na área rural.
Com o laudo do Departamento Médico Legal em mãos, a Justiça decretou a prisão preventiva do policial militar. A medida saiu em regime de plantão na madrugada deste sábado (12/03). O delegado Celso Ferri, de Osório, não se convenceu do depoimento do policial da Brigada Militar.
Segundo o delegado, um dos disparos teria sido efetuado à distância da vítima. O PM está detido no quartel da Brigada Militar em Osório. A Polícia Civil tem dez dias para concluir o inquérito. Mais duas testemunhas serão ouvidas nesta semana e está sendo avaliada a possibilidade de reconstituição do crime nos próximos dias.
De acordo com relatos dados a Polícia Civil, a vítima teria sido ameaçada pelo policial e moradores do bairro teriam tentado colocar fogo na casa do policial.

Da Redacao