Ribeirão Preto/SP – Kits bibliográficos e áudios-visuais sobre a temática étnico-racial começaram a ser distribuídos esta semana a todas as escolas de ensino fundamental de Ribeirão Preto, cidade do interior paulista, situada a 313 kms da capital. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Educação, atendendo a proposta apresentada pelo Centro Cultural Orunmilá, como parte do Projeto Baobá. O Projeto consiste em um conjunto de ações visando garantir as condições para que a temática étnico-racial faça parte do cotidiano das unidades escolares.
“O material a ser distribuído vai beneficiar todas as 86 escolas da rede municipal”, disse o secretário José Norberto Callegari Lopes, ao entregar os kits. O secretário também deu posse aos membros da comissão que vai implementar a lei 10.639/03, que determinou a inclusão da História e Cultura Africana e Afro-brasileira nos currículos escolares. A Comissão deverá implementar o decreto municipal nº 210, de 10 de agosto de 2006, que estabelece a política de ações afirmativas para afro-descendentes no Município.
O kit contém dois tipos de material: o primeiro para uso dos professores na preparação de suas aulas, por meio dos quais eles poderão resolver suas dúvidas teóricas sobre a temática e também conhecer exemplos práticos e experiências já em andamento no País; o segundo, para diversificar o acervo das bibliotecas das unidades escolares municipais, disponibilizar material de pesquisa para alunos, bem como exemplares de literatura infantil e infanto-juvenil. Entre os títulos distribuídos estão: Almanaque Afro-Brasileiro, Cidadania em Preto e Branco, O Racismo na História do Brasil e a Cor do Preconceito.

Da Redacao