São Paulo – Será neste sábado, 1º de setembro, o Dia Estadual de Mobilização em defesa do Estatuto da Igualdade Racial, PL Cotas (73/99), com a coleta de assinaturas em todo o Estado no Abaixo-Assinado que será entregue dia 12 de setembro em Brasília, aos presidentes da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), e do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).
Haverão pontos de coleta de assinaturas nas Praças Ramos e Patriarca, centro de São Paulo, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, Favela Alba, e Quadra da Escola de Samba Leandro de Itaquera, do Grupo Principal do carnaval de S. Paulo. Segundo Frei Leandro Antonio dos Santos, da coordenação do Fórum SP da Igualdade Racial, a proposta é que os ativistas, militantes e simpatizantes da campanha instalem mesinhas para coletar assinaturas onde possam fazê-lo. “Até mesmo em frente à própria casa a pessoa pode se engajar nesta campanha que é de todo o povo negro”, afirmou.
Na reunião desta semana, as lideranças das entidades presentes também decidiram que o Fórum vai incorporar as reivindicações do Abaixo-Assinado a defesa da PEC 02/2006, do senador Paulo Paim (PT-RS), que trata do Fundo da Igualdade Racial. O Fundo constava inicialmente do projeto do Estatuto de Paim, porém, foi transformado em um Projeto de Emenda Constitucional exclusivo para viabilizar sua tramitação no Congresso.
Por iniciativa de militantes será montada mesinha para coleta de assinaturas no 3º Congresso Nacional do PT, que acontece neste final de semana em S. Paulo.
O Fórum SP da Igualdade Racial, além da Educafro, reúne o Movimento Brasil Afirmativo, Instituto do Negro Padre Batista, Sindicato dos Comerciários, Comissão do Negro e Assuntos Anti-Discriminatórios da OAB/SP, e outras entidades como a Fala Negão, GRUMN (entidade indígena), SOS Racismo, entre outras.
Viagem à Brasília
Na reunião ficou decidido que o ônibus para Brasília, que será bancado pelo Núcleo de Parlamentares Negros do PT (NUPAN), sairá de S. Paulo no dia 10 de setembro, chegando no dia seguinte, por volta do meio dia. No período da tarde, uma comissão de ativistas irá ao Congresso para agendar audiências com os lideres dos partidos, visando sensibilizá-los para que apóiem os projetos do Estatuto da Igualdade Racial e o PL73/99. Os demais permanecerão no alojamento que está sendo providenciando, preparando os detalhes para o dia da entrega das 100 mil assinaturas aos presidentes das Casas.
O retorno à São Paulo está previsto para às 19h, do dia 12, com chegada prevista para o dia 13 de setembro, às 9h, na sede da Educafro. A próxima reunião do Fórum acontece no dia 04 de setembro, às 19h, na sede da Educafro, quando haverá a entrega das assinaturas coletadas no Dia Estadual de Mobilização.

Da Redacao