Salvador – Salvador será a primeira cidade do país a contar, a partir de 2.006, com o Fundo Municipal para o Desenvolvimento Humano e Inclusão Educacional de Mulheres Afrodescendentes.
Trata-se de uma ação da Prefeitura, por intermédio da Secretaria de Educação Municipal da Educação e Cultura, Ministério Público do Estado da Bahia, Agência de Cooperação Internacional Espanhola e Fundo das Nações Unidas Para Desenvolvimento da Mulher (Unifem).
O projeto de lei criando o Fundo será enviado ainda este mês à Câmara Municipal. O protocolo neste sentido já foi assinado pelo procurador-geral do Ministério Público, Achiles Siquara.

Da Redacao