Rio – A Secretaria Nacional da Diversidade Humana da União Geral dos Trabalhadores (UGT), a terceira maior central sindical do país, distribuirá 10 mil cartilhas neste 20 de novembro – Dia Nacional da Consciência Negra.

O principal ponto de distribuição da cartilha que tem como título “Diversidade Humana – conhecer direitos promovendo a igualdade racial”,será o Monumento a Zumbi, na Praça XI, com Avenida Presidente Vargas.

Segundo a secretária, Ana Cristina Duarte, a distribuição do material é parte da mobilização da Central para chamar a atenção do país para a necessidade da implementação de cotas e ações afirmativas, especialmente, após o Supremo Tribunal Federal (STF), ter declarado a constitucionalidade dessas políticas.

A mobilização será feita numa parceria com o Conselho Estadual do Negro do Estado do Rio (CEDINE) e entidades do movimento social do Estado.

A Cartilha contém o Estatuto da Igualdade Racial, e títulos sobre “o que é racismo”, discriminação institucional, assédio moral, assédio sexual, o que é OIT (Organização Internacional do Trabalho e as Convenções 100, 189 e 111.

A UGT, que é presidida pelo presidente do Sindicato dos Comerciários, Ricardo Patah, foi a primeira central sindical a iniciar mobilização pelas cotas no mercado de trabalho, em 2003.

 

Da Redacao