S. Paulo – Quatro secretários do Estado de S. Paulo – Justiça e Defesa da Cidadania, Saúde, Cultura e Habitação – reservaram a agenda neste 13 de maio – para reuniões com as comunidades quilombolas do Vale do Ribeira, onde estão localizadas 15 das 21 comunidades de remanescentes de quilombos já reconhecidas pelo Estado.
Segundo a Secretária de Justiça e Defesa da Cidadania, Eunice Prudente, o objetivo da visita é ouvir as comunidades e elaborar uma agenda de caráter afirmativo visando à implementação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável. A reunião com os secretários será no quilombo Ivaporunduva, no município de Eldorado.
As lideranças quilombolas do Vale do Ribeira consideram que o 13 de maio é um momento de reflexão sobre o que significou, na prática, a Abolição da escravatura no Brasil, uma vez que a emancipação não foi definitivamente conquistada, já que ainda se luta pela permanência nas terras e para preservar as tradições legadas pelos antepassados.
Segundo Eunice Prudente, estão sendo investidos, atualmente, R$ 160 mil no reconhecimento de mais oito comunidades e R$ 440 mil em trabalhos de geo-referenciamento, necessários para a titulação dos territórios quilombolas. Os trabalhos estão sendo feitos por meio da Fundação Instituto de Terras (Itesp), órgão da Secretaria da Justiça.
Veja a programação da visita dos secretários:
9h45: Café com os prefeitos na Prefeitura de Eldorado
11h – Visita as obras da balsa de São Pedro
13h – Audiência com as lideranças na comunidade de Ivaporunduva.
Serviço:
Visita de secretários de Estado a quilombos
Quando: Sábado, 13 de maio, a partir das 9h30.
Onde: Quilombo Ivaporunduva, em Eldorado (246 km da capital).
Como chegar: Acesso pela BR 116 até o município de Jacupiranga
(após Registro), entrar no município destino Eldorado/Prefeitura.
Acesso a Ivaporunduva: Partindo de Eldorado, após percorrer 44 km
Pela estrada SP 165, vira-se à direita, caminha-se 500 metros por
estrada de terra até a margem do Rio Ribeira de Iguape. Após atravessar o rio de canoa, chega-se à comunidade.
Assessoria de Imprensa da Secretaria da Justiça e da Defesa da
Cidadania
Fone: 3291 2612

Da Redacao