O Selo Diversidade no Trabalho – Cidade de S. Paulo, que reúne 39 empresas, entidades sindicais e organizações da sociedade civil vai fazer um ano no mês que vem e, como parte do processo de avaliação dos planos de ação apresentados, a Comissão Intersecretarial de Monitoramento e Gestão da Diversidade (CIM-Diversidade), promove o Seminário para avaliar a experiência, que é pioneira no país.
O Selo, idealizado pelo jornalista Dojival Vieira, foi criado pelo decreto 47.911/2006, do prefeito Gilberto Kassab, e tem como objetivo estimular as empresas e organizações da sociedade a superarem as barreiras da discriminação contra negros e mulheres no mercado de trabalho. Depois da Prefeitura, o governador José Serra, por intermédio de um decreto, estendeu a experiência para o Estado.
Nesta primeira edição, algumas grandes empresas privadas como as Camisarias Colombo, Fersol, e públicas como a Companhia do Metrô, a SPTrans e a CET – todas responsáveis pelo transporte público de S. Paulo – aderiram à proposta e formalizaram sua adesão ao Pacto pela Valorização da Diversidade de Gênero e Raça no Trabalho.
Também entidades sindicais como o Sindicato dos Comerciários, do terceiro setor como o Pensamento Nacional das Bases Empresariais (PNBE), e negras, como o Núcleo da Consciência Negra na USP e Associação dos Portadores da Anemia Falciforme do Estado de S. Paulo, também aderiram.
Veja o vídeo
http://br.youtube.com/watch?v=rMqQrOI4ZsQ

O Seminário que se destina a gestores, pessoal de Recursos Humanos e de Comunicação, em especial, das empresas/entidades/instituições envolvidas, mas é aberto pretende ser espaço para a troca de experiências e das dificuldades enfrentadas neste primeiro ano.
Inscrições e maiores informações na Comissão Intersecretarial de Monitoramento e Gestão da Diversidade da Secretaria do Trabalho da Prefeitura: (011) 3224-6012.
Abertura
A abertura acontecerá as 10h pelo Secretário do Trabalho, Geraldo Vinholi. Após haverão palestras da professora Maria Aparecida Bento, do Centro de Estudos de Relações do Trabalho e Desigualdades.
09h – Café e Credenciamento
10h – Abertura oficial
Secretário do Trabalho, Geraldo Vinholi
10h30 – Palestra: “A diversidade como vantagem competitiva no Mercado de Trabalho” Palestrantes: Maria Aparecida Bento e Dojival Vieira
12h – Almoço
13h30 – Apresentação de experiência das empresas (40 minutos – 10min cada)
15h – Parada para café
15h20 – Discussões em grupo
16h – Plenária
17h – Encerramento