Brasília – A Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) da Presidência da República deixará parcialmente a Esplanada dos Ministérios para ocupar um andar inteiro em um edifício comercial de Brasília.
O novo escritório, que terá custo anual de R$ 238.800, deverá acomodar os cerca de 200 funcionários da Seppir, que não encontram mais espaço para trabalhar no Bloco A da Esplanada, também conhecido como “Cortição”, por abrigar vários órgãos do Governo Federal, desde que a Seppir foi instalada em março de 2.003.
O gabinete da ministra Matilde Ribeiro e uma parte dos funcionários continuará funcionando normalmente no “Cortição”.

Da Redacao