Brasília – Quatro anos depois da primeira, a Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) ligada à Presidência da República, está convocando a II Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, que pretende ampliar o diálogo e a cooperação entre órgãos e entidades governamentais e não governamentais de promoção da igualdade racial, prevista para acontecer entre os dias 25 e 28 de junho deste ano.
A convocação da II Conferência está sendo vista por alguns setores do Movimento Negro, como uma pá de cal na proposta do Congresso de Negros e Negras do Brasil, o CONNEB, lançado no início de 2007 e que chega a 2009 sem conseguir sequer resolver as divergências entre as entidades que o convocaram divididas por disputas partidárias e de espaço entre as lideranças que o reivindicam.
O lançamento da II Conferência acontecerá em solenidade marcada para a próxima quinta-feira (12/03), em cerimônia prevista para o Salão Oeste do Palácio do Planalto. Segundo o ministro chefe da Seppir, deputado Edson Santos, do PT carioca, a solenidade marcará o início da mobilização que precederá a Conferência.
II CONAPIR
Durante a solenidade serão distribuídos exemplares do Caderno de Subsídios, produzidos pela Seppir, e do Regimento Interno da II CONAPIR, que servirão como subsídio a realização das Conferências estaduais e regionais que elegerão delegados à Conferência Nacional prevista para para acontecer entre os dias 25 e 28 de junho, em Brasília.
Após o lançamento, ainda na quinta-feira, serão realizados encontros setoriais com representações nacionais de quilombolas, mulheres, juventude e religiosos de matrizes africanas.
A II CONAPIR será uma oportunidade para ampliar o diálogo e a cooperação entre órgãos e entidades governamentais e não governamentais de promoção da igualdade racial, na qual deverão ser apontados possíveis ajustes nas políticas de igualdade ora em curso, e fortalecidas as relações das mesmas com as políticas sociais e econômicas em vigor. A expectativa é que participem mais de mil e quinhentos delegados.

Da Redacao