Brasília – Na véspera do Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, comemorado em 21 de janeiro, a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) promove encontro com as comunidades de terreiro do Distrito Federal e entorno.
O encontro será aberto pelo ministro chefe da Seppir, deputado Edson Santos (foto) e será realizado das 8h às 13h desta quarta-feira (20/1), no Salão Negro do Palácio da Justiça (Bloco T da Esplanada dos Ministérios).
Estarão em debate temas como a liberdade religiosa, a proteção do patrimônio histórico-cultural e a legalização fundiária dos imóveis ocupados pelas casas de culto. Na ocasião também será discutido o Plano Nacional de Proteção à Liberdade Religiosa e Promoção de Políticas Públicas para as Comunidades Tradicionais de Terreiro. O plano seria divulgado esta semana, mas o lançamento foi adiado por conta de adequações jurídicas necessárias para ampliar a efetividade do novo instrumento – uma demanda histórica dos adeptos das religiões de matrizes africanas, praticadas em mais de dez mil terreiros de todo o país.
O encontro terá a participação do subsecretário de Políticas para Comunidades Tradicionais da SEPPIR, Alexandro Reis, de representantes da Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), do Fórum Religioso Permanente Afro-brasileiro do DF e Entorno e da Federação Brasiliense e Entorno de Umbanda e Candomblé. A participação é aberta aos interessados.

Da Redacao