Rio O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, em decisão unânime decisão fixar em R$ 1,2 milhão o valor da indenização a ser paga pela empresa Sony Musica à entidades de mulheres negras por causa da música “Veja os cabelos dela””, de autoria do palhaço Tiririca, atual deputado federal pelo PR, que faz referência depreciativa a mulher negra. Um dos trechos diz: “Essa nega fede, fede de lascar/ Bicha fedorenta, fede mais que gambá”, diz um dos trechos da canção.
A Sony já fez o depósito da metade desse valor, porém, houve recurso das entidades, que foi acatado pelos desembargadores. O advogado Fernando Cabral representou as entidades no julgamento.
O novo valor da condenação com as devidas correções monetárias e juros deve chegar a R$ 1.297.045,67.
Entre as entidades que participam da ação estão a Crioula, o Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará (CEDENPA), Maria Mulher (Grupo de Mulheres Negras), Nzinga – Coletivo de Mulheres Negras, de Belo Horizonte, Geledés – Instituto da Mulher Negra, Imena (Instituto de Mulheres Negras do Amapá, Fala Preta (Organização de Mulheres Negras), Casa da Cultura da Mulher Negra de Santos, Associação Cultural de Mulheres Negras (ACMUN).

Da Redacao