S. Paulo – Sob a condução de Tobias da Vai-Vai como mestre de cerimônias e com a presença do cantor Carlinhos Brown que fez a defesa do acarajé como comida “para disputar com o MacDonald’s o mercado do mundo” e um discurso recheado de citações de auto-ajuda, a Câmara Municipal de S. Paulo homenageou os 23 anos da Fundação Cultural Palmares, completados em 18 de agosto.
A iniciativa da homenagem foi do empresário, cantor e vereador Netinho de Paula, do PC do B. “Nesta época em que o mundo vem debatendo a questão da igualdade e da oportunidade, a Fundação Palmares se destaca porque efetivamente ajudou o Brasil a avançar nas politicas voltadas para a comunidade negra”, afirmou Netinho.
Por sua vez, o presidente da Fundação, Elói Ferreira de Araújo, elogiou a iniciativa e disse que a homenagem sinaliza que o país está mudando. “Nós estamos avançando na construção da igualdade e da oportunidade. E isso está em sintonia com o que veio ao longo de 23 anos e culminou com a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial, de tal sorte que a sessão de comemoração dos 23 anos da Fundação Palmares vai ao encontro da construção de um Brasil mais justo, mais igual e mais fraterno”, afirmou Elói.
Mesa do PC do B
Na mesa, além de Brown e Netinho, estiveram a secretária adjunta nacional de Juventude, Angela Guimarães, o presidente da Fundação Maurício Grabois, Adalberto Monteiro, o direito da Fundação Perseu Abramo, Flávio Jorge, o coordenador Geral da Unegro, Edson França, o deputado José Candido, o vereador Jamil Murad, e o Secretário de Articulação da Copa-2014, Tadeu Vieira.
Também participaram da Mesa, a coordenadora da CONE, Maria Aparecida de Laia, , Alexandre Silva, da União Estadual dos Estudantes, e Rafael Vicente, representando o pai, José Vicente, diretor da Faculdade Zumbi dos Palmares.
Numa mesa em que predominou a presença de lideranças do PC do B, causou estranheza a ausência do presidente do Conselho da Comunidade Negra do Estado de S. Paulo, o advogado Marco Antonio Zito Alvarenga, e do coordenador do SOS Racismo da Assembléia, Claudio Silva, o Claudinho. Ambos participaram da sessão da platéia.

Da Redacao