Porto Alegre – A experiência da Afropress foi tema da mesa de abertura do I Simpósio promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Uni sinos (Universidade do Vale do Rio dos Sinos), em Porto Alegre, neste sábado, 29/outubro.
O Seminário que discutiu Mídia, diversidade cultural e políticas públicas para afro descendentes aconteceu na sede da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), da Avenida Borges de Medeiros, com coordenação dos professores Denise Cogo e Valério Cruz Britos, respectivamente do Grupo de Pesquisa Comunicação e Economia Política e de Mídia, Cultura e Cidadania, do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade.
A mesa “As Mídias e as Políticas Públicas de Igualdade Racial” em que a experiência da Afropress foi exposta e discutida pelo editor, jornalista Dojival Vieira, teve ainda a participação da professora Rosângela Malachias que falou do tema “Da opinião pública à opinião publicada: a fabricação de um consenso anticotas no Brasil”.
O I Simpósio da Unisinos, realizado com o apoio do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI) da Unisinos, do Instituto Humanitas Unisinos (IHU), da Fundação Ford e do Núcleo de Jornalistas Afro-Brasileiros do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul, teve ainda uma segunda mesa sobre “Mobilização e Organização da Jornalistas e as questões de negritude”, com a presença das jornalistas Vera Dayse, Jeanice Dias Gomes e Sátira Machado, do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul.

Da Redacao