S. Paulo – Viúva de dois dos maiores ícones africanos – o ex-presidente e líder da luta de libertação de Moçambique, Samora Machel, e do ex-presidente e líder da luta contra o apartheid na África do Sul, Nelson Mandela – a ativista Graça Machel, concede às 11h de segunda-feira, 24/11, entrevista coletiva à imprensa no campus da Universidade Zumbi dos Palmares.

O campus fica no interior do antigo Centro Esportivo Tietê, Ponte Pequena (entrada para veículos pela Marginal Tietê 10.227 e entrada para pedestres na Av. Santos Dumont 843). À noite, Graça Machel será homenageada na cerimônia de entrega do 12º Troféu Raça Negra, na Sala São Paulo, que este ano rende uma homenagem a Nelson Mandela, morto em 2013.

Influência e importância

Uma das 100 figuras mais influentes do mundo, segundo o ranking de 2010 da revista Times, a ativista política e defensora dos Direitos Humanos, a moçambicana Graça Machel é formada em Filologia da Língua Alemã pela Universidade de Lisboa. Após concluir o curso, voltou a Moçambique, onde ingressou na Frelimo durante a Luta Armada de Libertação Nacional. 

Em 1976, casou-se com o presidente de Moçambique, Samora Machel. Aos 29 anos, foi nomeada ministra da Educação e Cultura do primeiro governo moçambicano. Após a morte de Samora Machel, criou a Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade, que preside até hoje. 

Nos anos 90, realizou a pedido da ONU um estudo sobre o impacto dos conflitos armados na infância, que ficou conhecido como “Relatório Machel”,  que lhe rendeu a medalha Nansen, das Nações Unidas em 1995. Três anos depois, casou-se com Nelson Mandela, de quem ficou viúva no ano passado.

Após a entrevista coletiva, Graça Machel  conhecerá a universidade e descerrará uma placa em sua homenagem. Ao lado da ONG Afrobrás, a Universidade Zumbi dos Palmares é responsável por sua vinda ao Brasil. No domingo (23), ela fará uma palestra na Afroétnica Flink Sampa – Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra, no Memorial da América Latina.

Com uma expectativa de público de dez mil pessoas, a Flink Sampa vai promover nos dias 22 e 23 dezenas de atrações gratuitas entre debates literários com autores nacionais e estrangeiros, lançamento de livros, seminário internacional, shows, batalha de Free Style, espetáculos de teatro e dança, oficinas de moda e beleza, exibição de filmes e atividades para crianças. O encerramento será na cerimônia de entrega do 12º Troféu Raça Negra para convidados.

Da Redacao