S. Paulo – Já está marcada a data para a posse da nova diretoria executiva do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de S. Paulo: será no dia 07 de outubro, às 11h, no Palácio dos Bandeirantes, com a presença do governador Geraldo Alckmin.
O advogado e ex-presidente da Comissão do Negro e Assuntos Anti-Discriminatórios da OAB/SP, Marco Antonio Zito Alvarenga (foto), disse que pretende resgatar a história do Conselho para que volte a ser um órgão “atuante e presente na formulação e no monitoramento das políticas públicas para a população negra de S. Paulo”.
O Estado tem a maior população negra do Brasil em números absolutos, com cerca de 13,6 milhões de afro-brasileiros – cerca de 31% da população total.
O Conselho, criado em 1.984, pelo ex-governador Franco Montoro, perdeu força nos dois últimos mandatos da ex-presidente Elisa Lucas Rodrigues. Há a esperança de que a gestão de Zito Alvarenga – que não é filiado a nenhum Partido e tem uma trajetória de ação independente – represente a sua reativação para torná-lo representativo na formulação de políticas públicas.

Da Redacao